PT

McDonald’s – Vilamoura

Dezembro 2020


Foi adjudicado à Domótica SGTA o sistema de gestão técnica do restaurante de Vilamoura.

PT

EXEO Office Campus – Edifício Lumnia

Dezembro 2020


No decorrer do processo comercial para o EXEO Office Campus, para além das propostas para o Sistema de Gestão Técnica Centralizada dos três edifícios, a Domótica SGTA apresentou à Sotécnica propostas para os contadores de entalpia e válvulas PICV da Danfoss.

Este mês foram formalizadas as encomendas de ambos os equipamentos para o edifício Lumnia (Lote 2), dando assim início da melhor forma a uma parceria entre a Danfoss e a Domótica SGTA na comercialização desta gama de produtos, cuja qualidade é sobejamente reconhecida pelo mercado português.

PT

Escola Secundária Artística António Arroio

Dezembro 2020


A remodelação e ampliação da Escola Artística António Arroio inseriu-se no âmbito do Programa de Modernização do Parque Escolar do Ensino Secundário, sob a coordenação do Parque Escolar EPE.

Respondendo ao Programa Escolar, o projeto previu uma intervenção profunda do conjunto edificado existente, correspondente a uma reestruturação geral e ampliação dos edifícios existentes, construindo-se um novo piso sobre o Corpo Principal e ainda a construção de três novos edifícios.

Fruto da insolvência da empresa construtora, a obra sofreu uma paragem em 2012, tendo-se reiniciado em 2020, com um novo empreiteiro geral e também com novos sub-empreiteiros.

O atual sub-empreiteiro das instalações elétricas é a Iberinstal, tendo a conclusão do Sistema de Gestão Técnica Centralizada sido adjudicada à Domótica SGTA.

Tendo em conta que o sistema instalado na primeira fase da empreitada é baseado na solução técnica TAC Vista / Xenta, solução essa em final de vida, foi proposto fazer um upgrade ao sistema, tendo sido considerado instalar Automation Servers nos novos quadros de gestão técnica e o software Enterprise Server para supervisão do sistema.

PT

Bayview - Cascais

Dezembro 2020


O Bayview é mais um projeto imobiliário da Teixeira Duarte, comercializado pela Porta da Frente Christie's, e propõe-se transformar a zona onde está atualmente instalado o hipermercado Jumbo, junto à Avenida Marginal, na entrada nascente de Cascais.

O empreendimento Bayview, com uma área de implantação total de cerca de 21.700 m2, inclui uma componente residencial composta por seis edifícios com um total de 150 apartamentos e uma galeria comercial que conta com um novo hipermercado da mesma insígnia – Auchan – a construir no atual silo automóvel, com uma área de restauração no topo voltada para o mar. O projeto – da autoria da Fragmentos de Arquitectura e Next Architects – contempla ainda a criação de um jardim público junto à Marginal, com cerca de 7 mil metros quadrados.

Os projetos de especialidades são da responsabilidade do gabinete Quadrante, cabendo a fiscalização à Engexpor.

O sistema de gestão técnica consiste em 10 quadros de gestão técnica com cerca de 1.330 pontos físicos e ainda 9 integrações distintas num total de cerca de 4.300 pontos via protocolo, tendo a Domótica SGTA proposto executar o sistema baseado na plataforma Enterprise / Automation Server da Schneider Electric.

A empresa responsável pelas instalações técnicas, nas quais se inclui a GTC, é a Sotécnica, tendo o sistema de gestão técnica centralizada referente ao hipermercado Auchan sido adjudicado à Domótica SGTA.

A obra está a decorrer em muito bom ritmo, estando previstos ensaios do estacionamento no primeiro trimestre de 2021.

PT

Hotel Palácio Museu – Palácio dos Condes da Ribeira Grande – Junqueira, Lisboa

Novembro 2020


O projeto de ampliação do antigo Palácio dos Condes da Ribeira Grande – ex-Liceu Rainha D. Amélia – para uma unidade hoteleira de cinco estrelas, na rua da Junqueira, é da autoria do gabinete de Arquitetura Metrourbe e promovido pela Fibeira (proprietário do Atrium Saldanha). Terá uma área de 8.291 m2 destinada a hotel e de 1.162 m2 para equipamento. A unidade hoteleira deverá ter 128 camas, em 64 unidades de alojamento (duas suítes, 56 quartos duplos e seis apartamentos em estúdio), sendo na área do logradouro do imóvel que será construído um novo piso em cave para estacionamento.

A intervenção encontra-se abrangida pela “zona especial de proteção” conjunta da Capela de Santo Amaro, da Casa Nobre Lázaro Leitão Aranha, do Palácio Burnay e do “salão Pompeia” do antigo Palácio da Ega, e no perímetro do Plano de Pormenor do Centro de Congressos (antiga FIL).

O edifício do Palácio dos Condes da Ribeira Grande, na freguesia de Alcântara foi, durante muito tempo, utilizado como espaço de ensino – colégios Arriaga e Novo de Portugal, liceus D. João de Castro e Rainha D. Amélia – e encontra-se referenciado na Carta Municipal do Património. O palácio, perto do Hospital Egas Moniz e da Cordoaria Nacional, terá sido construído nas primeiras décadas do século XVIII e encontrava-se muito deteriorado.

O projeto das instalações elétricas e GTC é da responsabilidade da EnerOne, sendo o projeto de AVAC da responsabilidade da OMF.

A obra será executada em várias fases, tendo sido neste mês adjudicado, diretamente pela Fibeira à Domótica SGTA, o sistema de gestão técnica da Capela.

Na Capela o sistema disporá de apenas um quadro de gestão técnica, equipado com um Automation Server AS-P da Schneider Electric, estando considerada a instalação de 4 controladores LDALI de um canal da Loytec para garantir o controlo de toda a iluminação DALI. Estão ainda previstas as integrações via protocolo de comunicação os sistemas de climatização VRF (BACnet IP), o Chiller a UTAN e o Pavimento Radiante (Mod-Bus RTU).

PT

One Living - Cascais

Novembro 2020


O ONE Living é o mais recente projeto da Teixeira Duarte, que nasce nos terrenos da antiga Praça de Touros de Cascais, será um empreendimento residencial de luxo com a assinatura de Frederico Valsassina e comercializado pela Porta da Frente Christie's.

Os projetos de especialidades são da responsabilidade do gabinete Energia Técnica, incidindo o sistema de gestão técnica centralizada sobre as zonas comuns dos dois lotes – Lote 1 e Lote 2.

No Lote 1 existirão 10 quadros de gestão técnica, sendo 5 deles equipados com controladores MP-C e os restantes 5 equipados com AS-P, sendo ambos os equipamentos da Schneider Electric. No total deste lote, existirão 330 pontos físicos e cerca de 700 integrados via protocolo.

Já para o Lote 2, o primeiro a ser executado, estão previstos apenas 3 quadros de gestão técnica, todos com AS-P da Schneider Electric. Neste lote existirão 190 pontos físicos e cerca de 340 integrados via protocolo.

A empresa responsável para as instalações elétricas e GTC é a Veolia, tendo esta última empreitada sido adjudicada à Domótica SGTA.

PT

McDonald’s – Av. Marechal Gomes da Costa e Barreiro

Outubro 2020


Estão a decorrer no mês de outubro os trabalhos de upgrade do sistema de gestão técnica do restaurante McDonald’s da Av. Marechal Gomes da Costa. O objetivo deste upgrade é passar o sistema KNX já instalado para a plataforma Automation Server atualmente adotada em todos os novos restaurantes.

Para estes trabalhos, o cliente da domótica foi a própria McDonald’s Sistemas.

PT

Lagoas Park – Edifício 6 – Synopsys

Outubro 2020


A empresa Synopsys define-se no seu site global como “Powering the New Era of Smart Everything – from Silicon to Software” estando “na vanguarda da Smart Everything com as tecnologias mais avançadas do mundo para design de chips, verificação, integração de IP e segurança de software e teste de qualidade.”

Já com presença no Lagoas Park – Edifíco 4 – Piso 2, a Synopsys irá agora ocupar o Piso 0 do Edifício 6, tendo a NeoGet sido responsável pelo projeto de instalações especiais.

A solução técnica projetada para o sistema de gestão técnica consiste num único quadro de gestão com cerca de 40 pontos físicos e a integração de analisadores de rede UPS e sistema de controlo de Iluminação DALI2.

Este sistema contempla um controlador DALI de 4 canais e ainda 70 equipamentos DALI2, nomeadamente relés, multisensores e módulos de 4 entradas para botões de pressão.

A proposta da Domótica SGTA considerou um Automation Server da Schneider Electric e respectivos módulos de entradas e saídas e um controlador LDALI-204 da Loytec, sendo os restantes equipamentos DALI2 também da Loytec.

O cliente da Domótica SGTA é a Fasómetro, empresa responsável pala empreitada de instalações eléctricas.

PT

Novo Banco – Balcão das Amoreiras

Outubro 2020


O Novo Banco está a equacionar implementar nos novos balcões, ou nos balcões que estão a sofrer remodelações, um sistema de gestão técnica e telegestão, tendo o gabinete de projeto Neoget sido responsável, para além das instalações elétricas e de AVAC, também pela conceção deste sistema.

A solução especificada em projeto consiste num Automation Server LINX215 da Loytec com 3 módulos de entradas e saídas LIOB-100, num total de 40 pontos físicos (com capacidade de expansão equipada até 63). Está ainda considerada a integração dos vários analisadores de rede em protocolo Mod-Bus.

Fruto de muita experiência neste tipo de empreitadas, nomeadamente em muitos balcões do banco Santander-Totta, a empresa Barreiros, Costa & Sampaio foi selecionada para executar as instalações elétricas e também o sistema de controlo e telegestão deste primeiro piloto.

PT

Aeroporto Humberto Delgado – Ampliação Terminal 2

Outubro 2020


Integrado no plano de aumento da capacidade do Aeroporto Humberto Delgado, estão a realizar-se obras de ampliação do Terminal 2.

A empreitada geral está adjudicada a DST, tendo a empresa do mesmo grupo – DTE – ficado responsável pelas instalações especiais, tendo esta empresa adjudicado à Domótica SGTA a empreitada do Sistema de Gestão Técnica.

O sistema consiste em dois quadros de gestão técnica dedicados, associados às instalações de AVAC, equipados com Automation Servers (AS-P) da Schneider Electric e 5 quadros eléctricos alojando no seu interior os controladores AS-P e MP-C.

Está ainda previsto instalar dois Automation Servers em dois quadros de gestão técnica existentes para permitir realizar o upgrade do Terminal 2 para a plataforma Enterprise Server já em operação no Aeroporto Humberto Delgado, nomeadamente para servir o Terminal de Carga e a central de Aquecimento, bem como o edifício do Rent-a-Car actualemte em fase de ensaios e colocação em serviço também pela equipa da Domótica SGTA.

PT

Serenity SPA – Pine Cliffs Resort Algarve

Setembro 2020


O Ocean Suites, empreendimento hoteleiro localizado no Pine Cliffs no Algarve, alberga o Serenity SPA.

Para além de 12 salas de tratamento, este equipamento possui piscina interior com percurso kneipp, banhos turcos, saunas, e duches vários com essências.

O controlo destes espaços era assegurado por um tablet ligado a autómatos (PLCs) tendo estes equipamentos sido instalados por uma empresa Suiça que, entretanto, ficou insolvente.

Estando a Domótica SGTA associada aos empreendimentos da United Investments Portugal (UIP), nomeadamente ao Ocen Suites e à iluminação DALI do SPA, foi desafiada para substituir este sistema.

A solução técnica proposta inclui a substituição dos autómatos existentes por um AS-P interligado a 3 MP-C-18A, ambos da Schneider Electric, e ainda 3 Raspberry Pi que assegurarão a comunicação 485 com os controladores da Sauna. No AS-P será desenvolvido o interface gráfico por forma a manter-se a operação no tablet existente.

PT

Aeroporto Humberto Delgado – Central de Frio 5 e Edifício do Rent-a-Car

Setembro 2020


A Domótica SGTA está envolvida em mais duas obras que implicam ampliações no Sistema de Gestão Técnica Centralizada do Aeroporto Humberto Delgado.

A incorporação no sistema da central de frio 5 será executada diretamente para a ANA – Aeroportos de Portugal.

O edifício do rent-a-car está a ser alvo de obras de requalificação e foi decidido integrar os novos quadros elétricos no sistema. A empreitada foi adjudicada pela Maxiglobal.

PT

Edifício Sede da Nestlé – Linda-a-Velha

Setembro 2020


A Nestlé Portugal e a MPEP, uma subsidiária portuguesa da sociedade imobiliária espanhola Merlin Properties SOCIMI, concretizaram uma operação de Sale & Leaseback do edifício sede da Nestlé em Portugal, situado no concelho de Oeiras, mais concretamente em Linda-a-Velha. Com esta operação a Nestlé Portugal assume agora uma posição de arrendatária do mesmo edifício, regida por um contrato de 12 anos, com uma break-option ao final do sétimo ano. A MPEP foi a entidade escolhida pela Nestlé (num processo mediado pela CBRE), partilhando ambas um forte compromisso com o investimento e crescimento sustentável no mercado português.

O edifício sede da Nestlé em Portugal foi inaugurado em 1994, tendo sido projectado inicialmente para albergar 450 pessoas. O crescimento contínuo da Nestlé verificado nos últimos 3 anos, em particular com a entrada em funcionamento de dois centros de serviços partilhados (Nestlé Business Services Lisbon e Nespresso Global Supply Chain Hub) requerem uma transformação completa naquilo que será o novo Nestlé Campus, que acomodará uma população de 1000 pessoas.

O novo layout do edifício, com 12.260 metros quadrados de área bruta e 303 lugares de estacionamento – em linha com o propósito Nestlé de melhorar a qualidade de vida e contribuir para um futuro mais saudável – irá assegurar um ambiente de trabalho mais eficiente e mais ágil, potenciando as novas formas de trabalho flexível que a Nestlé está a implementar em Portugal. O Nestlé Campus será inclusivo, respeitando a diversidade geracional e cultural, bem como as diversas nacionalidades que compõem a população da Nestlé. A MPEP assumirá uma parte muito significativa do investimento nas obras necessárias para a remodelação do Nestlé Campus.

O projeto de instalações especiais, nomeadamente AVAC, instalações elétricas e sistema de gestão técnica centralizada foi da responsabilidade da NeoGet.

O sistema de gestão técnica preconizado consiste em 12 quadros de gestão técnica, totalizando 850 pontos físicos, 9 controladores DALI de 4 canais e cerca de 220 controladores de zona, 80 dos quais com módulos de controlo de iluminação (DALI ou ON/OFF) existindo ainda alguns módulos de controlo de estores. Estão ainda previstas 13 integrações distintas suportadas por vários protocolos standard, correspondendo a quase 2500 pontos “virtuais”.

O projeto prevê ainda a integração no novo sistema de gestão técnica do sistema de controlo da cafetaria instalado na primeira fase da obra pela Domótica SGTA.



Para esta remodelação foi seleccionada a Voltmoderno para a execução das instalações elétricas tendo-lhe sido também adjudicada o sistema de gestão técnica, tendo por sua vez a Domótica SGTA 4.0 sido seleccionada pela Voltmoderno para fornecer e colocar em serviço o Sistema de Gestão.

A Domótica SGTA manteve as referências especificadas em projeto, nomeadamente os Automation Servers AS-P da Schneider Electric, os controladores LDALI-ME204-U da Loytec e os controladores de zona ECY-PTU da Distech.

PT

YOTEL Porto

Julho 2020


A Domótica SGTA foi selecionada pela Casa Ferreira para fornecer e colocar em serviço o Sistema de Gestão Técnica do Yotel Porto. Esta empreitada veio complementar o sistema de gestão de iluminação dos quartos, suportado por um sistema DALI, anteriormente adjudicado pelo mesmo cliente.

O sistema de GTC será constituído por 3 quadros de gestão técnica equipados com AS-P da Schneider Electric e respetivos módulos de entradas e saídas, totalizando aproximadamente 400 pontos físicos. Estão ainda previstas diversas integrações, nomeadamente com Caldeiras, UTAs, Sistema VRF, Contadores de Energia Elétrica e Entalpia, entre outros.



A plataforma de supervisão será o Enterprise Server, também da Schneider Electric.

Existirão ainda 10 controladores MP-C dedicados ao sistema de deteção de gás nos quartos, integrados no sistema através da rede TCP-IP.

PT

McDonald’s – Angra do Heroísmo e Porto/Ribeira

Junho 2020


Mesmo atravessando um período de quebra no mercado da restauração, provocada pela crise pandémica da Covid-19, confirmou-se a adjudicação à Domótica SGTA de mais dois restaurantes McDonald’s: Angra do Heroísmo (na ilha Terceira) e Porto – Ribeira.

PT

CMS Rui Pena & Arnaut – Edifício na Rua Castilho

Junho 2020


A Domótica SGTA angariou mais um pequeno sistema de controlo de iluminação, neste caso nos escritórios da sociedade de advogados CMS Rui Pena & Arnaut, na Rua Castilho, 50 em Lisboa.

Trata-se de um sistema DALI suportado pelo controlador LDALI‑ME204-U da Loytec (4 canais), onde se incluem ainda o fornecimento de 3 multisensores LDALI-MS2, um módulo para botões de pressão LDALI-BM2, ambos da Loytec, e um painel DALI Touch da Lunatone.

O cliente neste projeto é a EIE.

PT

Palácio Nacional de Queluz – Jardim Pênsil

Junho 2020


Começaram em janeiro de 2020 as obras de conservação e restauro do Jardim Pênsil do Palácio Nacional de Queluz, com foco especial na recuperação dos Lagos Ornamentais e da sua estatuária em chumbo, os trabalhos incidem sobre todos os materiais em pedra, cerâmica e metal deste espaço. Os rebocos, a pintura do muro de suporte, as infraestruturas hidráulicas e os pavimentos serão também recuperados. Estas intervenções visam a estabilização dos materiais, de forma a permitir a sua preservação, e o restabelecimento dos jogos de água, que são um elemento fundamental para a leitura global do jardim.

Fruto do apoio prestado ao gabinete Graucelsius, e de alguns contactos com a equipa técnica dos Parques de Sintra Monte da Lua, a solução da Loytec foi selecionada como base para todos os parques, jardins e monumentos geridos por esta entidade.

O projeto agora adjudicado diz exclusivamente respeito ao Jardim Pênsil do Palácio Nacional de Queluz, mas a solução escolhida – controladores LIOB-58x – espera-se que seja adotada em próximas intervenções.

O cliente nesta empreitada é a A.Santos.

PT

Key Leaves – Campostec

Junho 2020


A Key Leaves está a desenvolver uma unidade industrial de plantas medicinais, concretamente canábis, na zona de Setúbal.

A Tendo por base o projeto do sistema de gestão técnica da NeoGet, a versão final foi da responsabilidade da Enerone.

A sistema terá dois quadros de gestão técnica, num total de 300 pontos físicos, equipados com Automation Servers AS-P da Schneider Electric.

Está ainda prevista a integração de analisadores de rede e controladores de caixas VAV em protocolo Mod-Bus RTU e ainda do sistema de controlo de iluminação das “estufas” de produção das plantas de canábis, através de um sistema hibrido DALI / 1..10Vd.c. Para tal existirá um controlador LDALI‑ME204-U da Loytec que integrará 8 “conversores” DALI / 1..10Vd.c. de 4 canais cada, ref.ª 474 da Helvar. Cada uma das saídas 1..10Vd.c. irá controlar uma fila de bancadas de produção de canábis, sendo que o número de filas de bancadas por sala varia consoante a dimensão da sala. As salas do Piso 0 têm com 6, 7 ou 8 filas de bancadas o que obriga à instalação de dois conversores 474, enquanto as duas salas do Piso 1 têm ambas 4 filas de bancadas o que significa que terão unicamente um conversor 474.



Existirá um server/workstation com o software de supervisão Enterprise Server da Schneider Electric, estando considerados ainda 5 painéis tácteis LVIS-3ME7-Gx da Loytec (7” de diagonal) em cada uma das salas de produção de canábis para interface local, essencialmente para controlo dos cenários de iluminação de cada uma das salas.

O empreiteiro das instalações eléctricas e AVAC seleccionado foi a Sotécnica, tendo o sistema de gestão técnica centralizado sido adjudicado à Domótica SGTA.

PT

Domótica SGTA amplia sistemas em 4 edifícios

Junho 2020

A Domótica SGTA angariou a ampliação de 4 sistemas em edifícios com sistemas de gestão técnica centralizada executados pela empresa.

As salas VIP do Aeroporto Humberto Delgado em Lisboa, para a Startphase.



O restaurante do Centro Santander-Totta (no piso -4) a executar diretamente para o Banco Santander.



O restaurante MAAT – Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia, a executar para a IMEG, empreiteiro de instalações.



A remodelação da sede da Oracle, no Edifício 8 do Lagoas Park para a Lusorede.


PT

Residência de Estudantes – Rua Sousa Lopes (Entrecampos)

Junho 2020


O grupo Livensa Living, especialista em residências de estudantes, prevê abrir já em setembro a sua segunda residência de estudantes em Portugal, a Livensa Living Lisboa Cidade Universitária, situada na Rua Sousa Lopes (perto de Entrecampos). Este grupo já tem em pleno funcionamento duas residências no Porto e tem também em construção uma residência em Coimbra. Em Espanha tem residências em 4 cidades universitárias – Barcelona, San Sebastián, Málaga e Granada.

Na Livensa Living Lisboa Cidade Universitária estão disponíveis três tipologias de estúdios – twin, individual e individual com terraço – todos os quartos estão equipados com cozinha, casa de banho privada, ar-condicionado de regulação individual (frio e quente), Wi-Fi de alta velocidade, TV, possibilidade de contratar serviços semanais de limpeza de quarto e troca de lençóis e toalhas.



O empreiteiro geral desta obra é a CASAIS, sendo a UNDEL o sub-empreiteiro de instalações elétricas, tendo também ficado responsável pela instalação do Sistema de Gestão Técnica Centralizada, sendo também este grupo de empresas que está responsável pela construção da residência de estudantes em Coimbra.

O projeto de GTC é da autoria do gabinete A400, estando especificada uma solução Schneider Electric.

A solução proposta pela Domótica SGTA considera 17 quadros de gestão técnica com um total de 1166 pontos físicos. Dez desses quadros estarão equipados com Automation Servers AS-P e respetivos módulos de entradas e saídas e os restantes sete com controladores MP-C-18.

O sistema considera ainda 12 integrações distintas, num total de mais de 3200 pontos

PT

Trabalhos de Manutenção em sistemas instalados pela Domótica SGTA

Maio 2020


A equipa de manutenção da Domótica SGTA realizou e faturou trabalhos de manutenção e alteração ao sistema de gestão técnica centralizada do Centro Regional do Instituto Português do Sangue e Transplantação do Porto. Trata-se de um sistema instalado em 2004, baseado em controladores TAC Xenta, tendo ainda em funcionamento o software de supervisão TAC Vista.

Fruto de um contacto da empresa Quadro Geral, foi executada uma revisão ao sistema de gestão técnica centralizada do Hotel S. Rafael Suites em Albufeira, tendo mais tarde sido adjudicados os trabalhos de substituição de equipamentos avariados e colocação em funcionamento do sistema. O sistema existente também é baseado na solução TAC Vista / Xenta.

PT

Ombria Resort - Algarve

Abril 2020


O Ombria Resort fica situado a 10 Km a norte de Loulé. Trata-se de um empreendimento imobiliário implantado numa área de cerca de 153 hectares no coração do barrocal algarvio, num vale com ribeiras, colinas verdejantes e aldeias típicas, como Querença e Tôr, e com uma densidade construtiva que não chega aos 4%.



Na sua primeira fase, o resort vai acolher 65 apartamentos de tipologias T1 e T2, integrados no hotel Viceroy at Ombria Resort, que inclui ainda 76 quartos e suites de luxo, loteamento com 12 moradias, 5 restaurantes, campo de golfe (já construído) piscinas, spa (já em obra e a finalizar), ginásio, kids club e observatório astronómico.

As práticas sustentáveis e a eficiência energética são conceitos que sempre nortearam este investimento imobiliário e temas como os Nearly Zero Energy Buildings, Arquitectura Bioclimática, Geotermia, Energia Solar, Gestão da Água e Reciclagem ajudam em muito a promover o empreendimento.

A empresa SYNEGE desenhou um sistema geotérmico centralizado com bombas de calor com uma capacidade de 1,34MW de arrefecimento e de 2,47 MW de aquecimento, que se prevê irão conseguir responder a 100% das necessidades de arrefecimento, em 92% das necessidades de aquecimento, e 69% das necessidades de águas quentes sanitárias. Para os restantes valores em falta será instalado um sistema solar fotovoltaico complementar. Foram necessários 240 furos para as trocas térmicas, designados por BHE (Borehole Heat Exchange). Trata-se do maior sistema de geotermia aplicada a edifício do pais.



O projeto de instalações elétricas, AVAC e GTC da primeira fase do empreendimento foi da autoria da ProM&E Consulting, tendo desde o ante-projecto sido especificadas para o Sistema de Gestão Técnica Centralizada as soluções da Schneider Electric.

A construtora selecionada para a empreitada de construção da Parcela E – Edifício principal, SPA e Villas – foi a Gabriel Couto, tendo sido selecionada a Sotécnica para as instalações de AVAC e GTC e a Agresteluz para a execução das instalações elétricas.

Desde o final de 2014 (data de entrega do anteprojecto) que a Domótica SGTA tem vindo a acompanhar todo este projeto, tendo apresentado propostas aos vários concorrentes. No final de uma complexa “maratona” negocial, em que foram consideradas algumas alternativas às soluções do projeto, as grandes decisões prenderam-se não apenas com o valor final da empreitada, mas também com a aprovação das várias soluções técnicas propostas.

Num processo que envolveu o promotor imobiliário, a própria Viceroy, a fiscalização – Engexpor – e a Sotécnica, foram sendo formalizadas as várias aprovações, permitindo fechar o negócio entre a Domótica SGTA e a Sotécnica.

As soluções técnicas que foram adjudicadas baseiam-se na plataforma EBO – Enterprise Server e Automation Server – para o Sistema de Gestão Técnica, controladores L-DALI da Loytec para o controlo de iluminação dos espaços sociais e controladores de quarto de hotel da Legrand para os apartamentos, suites e quartos. No caso dos controladores dos quartos, módulos de saídas digitais e respetivas fontes de alimentação, estes ficarão instalados no interior dos quadros elétricos dos quartos, suites e apartamentos.


PT

ALCON – Quinta da Fonte

Abril 2020


O projeto das instalações elétricas dos novos escritórios da ALCON, no piso 1 do edifício Q56 – D. Pedro I, na Quinta da Fonte, foram da autoria do gabinete NeoGet. A solução de controlo de iluminação DALI está suportada no controlador DALI de 4 canais da Loytec (L-DALI), o que permitiu à Domótica SGTA posicionar-se e angariar mais este sistema exclusivamente para controlo de iluminação.

O Domótica SGTA apresentou propostas a várias empresas concorrentes à empreitada, tendo a obra sido adjudicada pela Modernilux.

PT

Porto Office Park – Salas de Conferências

Abril 2020


Embora a Domótica SGTA não tenha estado envolvida na instalação do sistema de gestão técnica do empreendimento Porto Office Park, ao serem desenvolvidos os projetos dos interiores das frações e zonas comuns, a Domótica SGTA tem-se posicionado e obtido algum resultado do esforço de acompanhamento de alguns projetos. É o caso do sistema de controlo de iluminação DALI das salas de conferências, cujo projeto das instalações técnicas foi da autoria do gabinete NeoGet, e cuja solução preconizada é suportada por equipamento da marca Loytec.

A solução baseia-se num controlador L-DALI de 4 canais para controlo de 4 zonas distintas, integrando ainda multisensores, módulos de entradas e um painel táctil da Lunatone.

Nesta empreitada, o cliente da Domótica SGTA é a IMEG, empresa responsável pelas instalações eléctricas.

PT

McDonald’s – Leça da Palmeira

Março 2020


Continua a um ritmo de (pelo menos) um restaurante por mês a angariação e execução de novos restaurantes McDonalds.

No último mês foram adjudicados à Domótica SGTA os vários sistemas do restaurante de Leça da Palmeira – gestão técnica, iluminação de segurança, UPS e transformador de isolamento.

PT

Suites Alba Resort & SPA

Março 2020


O grupo hoteleiro HdP – Hotéis de Portugal, proprietário do empreendimento Suites Alba Resort & SPA, localizado na Praia de Albandeira, Lagoa, está a remodelar as primeiras 24 suites.

A Domótica SGTA foi convidada pela Legrand a desenvolver toda a engenharia para o controlo das suites, tendo por base o novo controlador, desenvolvido por este fabricante de material eléctrico, especialmente para este tipo de aplicações.

O controlador em causa dispõe de 16 ED / 16 SD e ainda de 3 portas de comunicação:
- BACnet IP
- DALI
- Bus SCS para integração de equipamento da própria Legrand (painel para controlo do AVAC, neste caso).

O controlador, as fontes de alimentação e alguns módulos de entradas e saídas serão instalados do interior do quadro eléctrico da suite, sendo esse trabalho da responsabilidade do instalador eléctrico – Agresteluz.

Os comandos de iluminação serão botões de pressão (aparelhagem bticino) a que correspondem entradas digitais no controlador.

Como solução de climatização, serão instalados dois sistemas VRF (um por cada grupo de 12 suites). Tal solução obriga à instalação de um Automation Server da Schneider Electric para garantir a integração BACnet entre o controlador da Legrand, que por sua vez recebe a informação do módulo de comando de AVAC via protocolo SCS, e as unidades interiores do sistema de climatização.

Embora a negociação se tenha iniciado com a Legrand (sendo o âmbito apenas engenharia), a adjudicação foi efetuada diretamente pela a HdP – Hotéis de Portugal, envolvendo também o fornecimento do equipamento.

PT

Edifício na Av. da Liberdade, 224

Fevereiro 2020


Localizado na Av. da Liberdade, o 224 é um edifício com 9 pisos acima do solo com cerca de 6.030m 2 (terraço do 9º piso incluído) e 96 lugares de estacionamento distribuídos por 4 pisos. O edifício, com frente para a Avenida Liberdade e outra para a Rodrigues Sampaio, irá usufruir de uma profunda remodelação, nas suas áreas comuns, tanto ao nível técnico como estético, por forma a torna-lo num edifício prime e de enorme qualidade. Após as obras de beneficiação previstas, irá ter um roof top com vistas para a Av. da Liberdade, bem como, terraços nos pisos 6 e 7.

O projeto das instalações técnicas foi da autoria do gabinete EACE – Engenheiros Associados, sendo a solução de GTC especificada suportada por equipamento e software Loytec.

O sistema a instalar incide apenas nas zonas comuns e é constituído apenas por 3 quadros de gestão técnica – Piso 0, Piso 7 e Piso 9 – num total de 325 pontos físicos. Estão ainda consideradas integrações com Analisadores de Rede (2), VCs (10), Contadores de Entalpia (15), UTAN-G (1), Chiller (2), Dry-Cooler (1) e UPS (1).

A solução técnica proposta consiste num LINX-154 no quadro de gestão técnica com mais pontos físicos (214) e dois LINX-215 nos outros dois QGTs (64 e 46 pontos).

Está previsto, e proposto pela Domótica SGTA, um servidor e uma workstation, sendo o software considerado na proposta o LWEB-900.

O instalador de AVAC e GTC selecionado, e nosso cliente neste projecto, foi a Hidroassiste.

PT

FNAC – Torres Novas

Fevereiro 2020


A FNAC contratou diretamente a Domótica SGTA para fornecer e colocar em serviço mais um sistema de controlo, desta feita da relativo à loja de Torres Novas, integrada no centro comercial TorreShopping. Trata-se da primeira loja FNAC no distrito de Santarém.

PT

Sistema de Trasfega de Combustível

Fevereiro 2020


A Domótica SGTA foi selecionada pela Outsupply para fornecer, testar no local e colocar em serviço o sistema de controlo da trasfega de combustível dos grupos geradores do edifício de apoio à Assembleia Nacional de Angola, em Luanda.

O Automation Server AS-P seleccionado para esta função, ficará instalado no interior do quadro eléctrico da trasfega.

PT

Moradia na Guia – Cascaisl

Fevereiro 2020


A Mota-Engil adjudicou à Domótica SGTA o sistema de controlo da central de produção de água para climatização de uma moradia na Guia (Cascais).

O sistema é constituído por um único Automation Server AS-P da Schneider Electric, alojado num quadro de gestão técnica dedicado, sendo o interface homem-máquina assegurado por um painel táctil Smart X de 10”.

Faz ainda parte do âmbito do fornecimento da Domótica SGTA o diverso equipamento da central.

PT

McDonald’s – Abrantes e Marquês de Pombal

Fevereiro 2020


No último mês, a Domótica SGTA angariou a execução do sistema de gestão técnica de mais dois restaurantes McDonald’s, desta feita em Abrantes e Marquês de Pombal (Lisboa).

PT

Nestlé Campus – Linda-a-Velha – Cafetaria

Fevereiro 2020


A Nestlé Portugal e a MPEP, uma subsidiária portuguesa da sociedade imobiliária espanhola Merlin Properties SOCIMI SA, concretizaram uma operação de Sale & Leaseback do edifício sede da Nestlé em Portugal. Com esta operação a Nestlé Portugal assume agora uma posição de arrendatária do mesmo edifício.

O imóvel, que foi inaugurado em 1994, será alvo de obras de remodelação, incidindo a primeira intervenção na cafetaria.

Tendo a IMEG sido selecionada para uma primeira intervenção, centrada na cafetaria, adjudicou à Domótica SGTA a execução do correspondente sistema de gestão técnica.

Trata-se de um projeto da NeoGet, sendo a solução para a cafetaria constituída por um único bastidor de gestão técnica com 130 pontos equipado com um Automation Server da Schneider Electric e um controlador DALI de um canal, LDALI-ME201-U da Loytec.

Existirão ainda dois controladores ECY-PTU da Distech para servir de interface a dois painéis Allure Unitouch selecionados pela Nestlé como interface com os operadores do sistema.

Estão previstas integrações via protocolo BACnet IP com os controladores de duas novas UTAs e Mod-Bus RTU com nove analisadores de rede.

PT

Lagoas Park – Edifício 14 – SAP Portugal

Fevereiro 2020


A Domótica SGTA angariou a execução de mais um sistema de gestão técnica relativo ao interior de uma fração no Lagoas Park. Desta feita trata-se do Centro de Serviços da SAP Portugal no Edifício 14.

O projeto do sistema de gestão técnica foi da responsabilidade da NeoGet, sendo a solução especificada composta por um bastidor de gestão técnica com AS-P da Schneider e o sistema de controlo de iluminação com dois controladores LDALI de 4 canais da Loytec. O equipamento de campo DALI – multisensores, módulos de relé e módulos para botões de pressão – fazem parte do projeto de instalações elétricas e também estão especificados da marca Loytec.

A Fasómetro, subempreiteiro de instalações eléctricas, foi quem adjudicou ambos os sistemas – GTC e equipamento DALI – à Domótica SGTA.

PT

Cidade do Futebol – Alojamento de Atletas

Fevereiro 2020


Esta a decorrer a bom ritmo a construção da unidade de alojamento que vai servir a Cidade do Futebol e onde ficarão instaladas as seleções nacionais em estágio no quartel-general da FPF.

A unidade, construída no topo norte do relvado 1 da Cidade do Futebol, terá 43 quartos, 42 dos quais duplos e um triplo para os guarda-redes. O espaço, dividido em três pisos, também terá receção, cozinha/copa, sala de estar, sala de refeições, sala de reuniões/conferência, sala de massagens, zona de arrumos e áreas técnicas.

A Domótica SGTA garantiu a execução do sistema de gestão técnica deste novo edifício, sistema esse que será integrado na plataforma Enterprise Server já existente na Cidade do Futebol.

Tal como para as instalações elétricas, o projeto do sistema de gestão técnica centralizada foi da autoria do gabinete Silvino Maio & Lacerda Moreira, sistema esse que considera 400 pontos físicos distribuídos por 6 quadros de gestão técnica. Estão ainda considerados quase 1.600 pontos relativos à integração de 11 equipamentos distintos – sistema de controlo de iluminação DALI (incluído na empreitada da GTC), sistema VRF, controlador solar, rooftop, bomba calor, UTAN, recuperador de calor, sistema KNX dos quartos, analisadores de rede, contadores de energia e UPS.

O empreiteiro geral é a Imopina sendo o subempreiteiro de instalações elétricas a Francofásica. Será esta última empresa o cliente da Domótica SGTA para o sistema de gestão técnica.

PT

W Residences Algarve – Albufeira

Fevereiro 2020


O empreendimento W Residences Algarve encontra-se em plena fase de construção, prevendo-se que seja inaugurado já em 2020. Trata-se de um projeto de grandes dimensões e qualidade, que englobará um hotel da cadeia Marriott e um conjunto alargado de residências.

Dividido em quatro blocos, este empreendimento terá o hotel a ocupar os blocos A, B e D e as residências a totalidade do bloco C. Já quanto às tipologias dos apartamentos, estas variarão entre o T1 e o T4: “No bloco A existirão 70 quartos – 50 king, 13 queen, 6 wow (suites) e 1 e-wow (suite presidencial). No bloco B teremos 40 quartos – 29 king, 3 queen, 4 wow e 4 para pessoas com deficiência – e 12 residências para exploração do hotel. No bloco C teremos as 83 residências e o bloco D será a área de serviços. Esta área foi propositadamente colocada à face da estrada sendo aberta ao exterior. Será um restaurante panorâmico, um spa e um ginásio que podem ser usufruídos pelo público sem perturbar os clientes do hotel.

O projeto das instalações elétricas foi da responsabilidade da Engsol, sendo o projeto de AVAC e Gestão Técnica realizado pela ProM&E Consulting.

O sistema de gestão técnica incide essencialmente sobre os sistemas de AVAC mas integra as instalações elétricas, que dispõem de um sistema de controlo KNX, bem como elevadores e águas e esgotos. No total o sistema terá cerca de 2.000 pontos físicos e 6.800 pontos de protocolo, dos quais 3.000 dizem respeito aos sistemas KNX.

A solução técnica proposta pela Domótica SGTA considera 18 quadros de gestão técnica, 17 deles com AS-P e um com MP-C, ambos os modelos da Schneider Electric. Haverá ainda 26 controladores Xenta 122/FC-230 para controlo dos ventiloconvectores localizados nas zonas do staff. A supervisão do sistema será assegurada pela plataforma Enterprise Server da Schneider Electric.

Um dos grandes desafios deste projeto será a integração de 3.000 pontos KNX, resultantes não só do controlo de todos os quartos e apartamentos, mas também de todos os quadros elétricos das zonas comuns e respetivo controlo de iluminação.

A obra foi negociada com a Mota-Engil.

Mais informação...

PT

Banco Santander – Rua Ramalho Ortigão – Cobertura

Fevereiro 2020


Com a conclusão dos pisos de escritórios, a remodelação / substituição do sistema de gestão técnica do Edifício da Rua Ramalho Ortigão vai entrar numa nova fase, claramente mais exigente do ponto de vista técnico e de planeamento dos trabalhos a realizar no edifício. Trata-se da substituição dos 5 quadros de gestão da cobertura, num total de aproximadamente 430 pontos físicos.

Com vista a garantir a total integração destes 5 quadros no sistema de gestão técnica existente do Centro Santander Totta, a solução técnica adotada será baseada em 5 Automation Servers a instalar nas caixas metálicas existentes, substituindo assim os controladores (de uma marca distinta) existentes.

Uma vez mais, o banco Santander será o cliente da Domótica SGTA neste negócio.

PT

Banco Santander – Edifício na R. Júlio Dinis, Porto

Janeiro 2020


A Domótica SGTA foi selecionada pela FT System como parceiro para a execução do sistema de gestão técnica do Edifício do Banco Santander na Rua Júlio Dinis no Porto.

O projeto, muito semelhante ao da Rua do Ouro em Lisboa, será constituído por um único quadro de gestão técnica com 88 pontos físicos e a integração de cerca de 880 pontos via protocolo. Está previsto um server do sistema no próprio edifício.

A solução técnica proposta é baseada na plataforma Automation Server / Enterprise Server da Schneider Electric.

PT

McDonald’s de Coimbra Solumo

Janeiro 2020


A Domótica SGTA angariou a execução do sistema de gestão técnica de mais um restaurante McDonald’s, desta feira em Coimbra, integrado no Atrium Solum.

A solução é semelhante à implementada nos últimos restaurantes executados pela Domótica SGTA.

PT

Lagoas Park – Edifício 14 - Cisco

Janeiro 2020


A Domótica SGTA garantiu a execução do sistema de gestão técnica de mais uns escritórios da Cisco no Lagoas Park, neste caso no Piso 0 do Edifício 14.

O sistema será semelhante ao último escritório da Cisco executado pela nossa empresa, tendo como hardware um Automation Server com cerca de 70 entradas digitais e analógicas e 480 pontos de integração via protocolo. O interface homem-máquina com o utilizador será garantido por um painel táctil LVIS3ME7 da Loytec.

Uma vez mais, o nosso cliente será a Lusorede.

PT

ALDI – Edifício Monsanto

Janeiro 2020


Os supermercados ALDI irão ocupar o Edifício Monsanto, na zona industrial e empresarial de Alfragide.

O projeto das instalações técnicas é da autoria do gabinete Neoget, sendo o sistema constituído por 11 quadros de gestão técnica, num total de 420 pontos físicos e um controlador DALI de 4 canais para controlo de iluminação. No total existirão cerca de 800 pontos integrados via protocolo BACnet, ModBus e DALI.

A Voltmoderno foi selecionada como subempreiteiro das instalações elétricas e gestão técnica centralizada tendo, por sua vez, adjudicado à Domótica SGTA a execução deste último sistema.

A solução técnica proposta pela Domótica SGTA considera 7 bastidores de gestão técnica com AS-P e os outros 4 bastidores com MP-C ambos os modelos da Schneider Electric. Num destes bastidores será instalado o controlador LDALI‑ME204-U da Loytec. Estão ainda considerados dois painéis tácteis LVIS-3ME7 da Loytec e diverso equipamento de campo, nomeadamente interfaces DALI para botões de pressão. A supervisão do sistema será assegurada pela plataforma Enterpriser Server da Schneider Electric.



grupo domotica sgta contactos / localização

mapa »
Domótica SGTA
Alameda Roentgen, nº2A 1ºC
1600-759 Lisboa Portugal
 info@domotica.pt
 (+351) 21 711 06 60
 (+351) 21 711 06 61
mapa »
Invensis- Inov. e Sist. Informáticos
Alameda Roentgen, nº2A 1ºC
1600-759 Lisboa Portugal
 invensis@live.com.pt
 (+351) 21 711 06 60
 (+351) 21 711 06 61
140x140 mapa »
Efficient Buildings
Av. Pres. Juscelino Kubitschek, 1545 CJ 72 Vila Nova Conceição
04543-011 São Paulo - Brasil
 info.br@domotica-sgta.com
 (+55) 11 9 5800 9269
140x140 mapa »
SGTA Angola
Av. 21 de Janeiro,101
Morro Bento - Luanda,Angola
 info.ao@domotica-sgta.com
 (+244) 94 565 96 00
140x140 mapa »
Domótica SGTA
Calle Sílfide nº 5 Local
28022 Madrid - Espanha
 info@domotica-sgta.es
 (+34) 91 721 68 49
140x140 mapa »
Domótica SGTA Moçambique
Av. 25 de Setembro, 1509 - 6º andar, porta 06
Maputo - Moçambique
 info.mz@domotica-sgta.com
 (+258) 84 826 50 46

Copyright © 2015, Development & Design by: Invensis